terça-feira, 7 de abril de 2009

Conhecer: Cassino de Lambari/MG

Trago na coluna Conhecer desta semana, um dos lugares mais lindos que tive o prazer de conhecer no Sul de Minas Gerais: Lambari.
A cidade é pequena, pacata, mas possuidora de belezas naturais como suas águas minerais e o belíssimo Lago Guanabara, posicionado em seu coração.
Mas o município também abriga uma das grandes jóias da história do Brasil: o famoso Cassino de Lambari. Espero que gostem deste passeio...


Águas Virtuosas, atual Lambari, como outras províncias de Minas, era regido por agentes Executivos. Com a elevação a Município em 1909, Lambari teve no seu primeiro prefeito o Engenheiro Américo Werneek, um grande incentivador de seu desenvolvimento.


Estreitos laços uniam Lambari ao centro do poder mineiro. A cidade era bem representada por influentes personalidades locais, dentre elas Werneck. Seus contatos com o presidente do Estado de Minas Gerais, Wenceslau Braz, permitiu que conseguisse uma vultosa verba para remodelação da sede do município. Com as idéias vertendo como as águas, Werneck partiu para a Europa em busca de inspiração. Queria transformar Lambari na versão brasileira de Vicky, famosa estância hidromineral francesa.


Regressando, Wemeck entra em contato com a empresa Poley & Ferreira (firma do Rio de Janeiro, responsável pelo projeto da planta do Cassino) para a elaboração de diversas idéias acumuladas com a viagem, dentre as quais a construção de um cassino, sendo escolhido para implantação do referido prédio o local denominado Alto da Fortaleza.


O local pertencia a Jorge Ribeiro da luz e sua esposa, que foi comprado pela prefeitura em 05 de junho de 1909, por quatrocentos mil réis.


Para sua construção foram gastos aproximadamente cinqüenta mil contos de réis. Para que se executasse o projeto do cassino teve-se que demolir uma casa e o referido mono, usando para tal fim picaretas pás, dinamites e carroças.


Foram importados da Inglaterra, azulejos, ladrilhos, vasos sanitários, cimentos etc. e da França foram importados as famosas telhas francesas.
A decoração do Cassino foi feita por chineses e japoneses, vindos de seus respectivos países, com requintado bom. gosto, arte e maestria específicos.


O cassino, que ocupa uma área de 2.800 m2, era um oásis fantástico distante dos grandes centros, numa época em que as dificuldades de transporte e comunicação eram grandes.


O Cassino de Lambari, recebeu o nome de "Águas Virtuosas de Lambari" e foi inaugurado no dia 24 de abril de 1911. Bem em frente ao seu prédio, repousa uma agradável vista do enorme e não menos fantástico Lago Guanabara.


É com certeza um dos cartões postais da cidade, pela grandiosidade, força e imponência da construção.
Funcionou apenas uma noite. Durante a festa de inauguração, o prefeito brigou com o governador por questões de arrendamento da água mineral e o cassino não abriu mais.


O magnífico palácio que compõe a paisagem européia à beira do lago Guanabara está razoavelmente conservado, mas sem utilização efetiva.


Em frente ao Cassino, encontra-se um belíssimo ancoradouro, construído para servir o o "Águas Virtuosas de Lambari" para passeios no enorme Lago Guanabara.


No ancoradouro, são guardados barcos, lanchas e jet skys, além possuir um ótimo serviço de bar, atraindo muitos populares e navegadores ao local aos finais de semana.


Quase um século de abandono se seguiu. Nesse tempo um triste "crime" foi praticado. Quase todo o seu acervo mobiliário e decorativo foi retirado, redirecionado para outros órgãos administrativos do Estado. Restaram algumas peças e o prédio, que passou por uma ampla reforma, servindo hoje para abrigar a Secretaria Municipal de Turismo.

Por isso infelizmente não possuímos fotografias internas, mas de qualquer maneira, o prédio, a sua importância e principalmente a memória dos lambarienses se manterão preservadas para as futuras gerações enquanto esse atrativo se mantiver de pé.

* Conhecer é uma coluna semanal publicada todas as terças-feiras. A idéia é mostrar em fotografias e textos, um pouco sobre lugares possuam uma história interessante e que foram fotografados por mim.
Rodrigo Teófilo

Gostou? Não gostou? Deixe um comentário.

63 Comentários:

Tadeu disse...

Acabei de voltar do Cassino. Estou deitado na cama do Lago Hotel postando este comentário. Simplesmente não acredito que a prefeitura de Labari não dá atenção alguma pro Cassino. Esta cheio de pombas e mendigos. Estou muito magoado. Sou de uma cidade próxima a Ouro Preto. Se fosse lá esse Colosso, estaria em melhores mãos. Quanto desrespeito!

Tiago R. disse...

Poxa vida ROSTEV... Lindo o lugar heim!
Parabéns
[ ]s

Anônimo disse...

Acabei de chegar de Lambari onde ha varios anos visito de duas a tres vezes /ano, ultimamente estou indo a cada 9 meses e estou pretendendo ir a cada 2 anos pois Lambari ja nao e mais a mesma, a prefeitura da cidade esta destruindo aos poucos a pacata cidade....e pena....as aguas sao fantasticas...neste ultimo feriadao 12/10...tivemos que aturar uma RAVE de jovens bebados, alguns drogados, em um som tremendamente alto digno de um estadio do morumbi ou maracana...e pior com alvara do prefeito...os turistas deram retirada no domingo para nao ter que aturar mais uma noite de loucuras em lambari.....coitada da cidadade esta se acabando....assim como Cambuquira que fica ao lado....

Jose Carlos
13 de outubro de 2009

Anônimo disse...

Frequento a cidade de Lambari desde do ano de 1980, adoroa essa cidade e agora minha filha passou a gostar. Roberto Rangel RJ

Anônimo disse...

Concordo, uma lástima, sou natural da cidade, meu filho qdo pequeno gostava muito, hoje com 17 anos, não pensa nem em estar na cidade em feriado. V c disse bem, a prefeitura tá sepultando a cidade.

Raquel Moreira disse...

Gostei muito. Gosto de construções/casas antigas. E este é maravilhoso. Há onze anos átras passei minha lua de mel em Lambari. E conheci o Cassino. Desde aquela época já não podíamos vê-lo por dentro. Fico triste que muitos jovens e adultos não valorizem tais coisas que mostra as nossas origens e raízes de uma nação. Parabéns pela reportagem. Raquel Moreira - Varginha/MG

Anônimo disse...

Visitei a cidade no final da decada 60 e tenho mui boas lelmbrancas, cidade acolhedora, tranquila, povo bom. A familia com a qual me hospedei me tratou como se fosse de casa!
Saudades ...

Anônimo disse...

Realmente já faz um tempo que a Prefeitura não tem feito muito pela cidade. Frequento a cidade de Lambari a mais de dez anos e desde que conheci me apaixonei só lamento a prefeitura não investir no turismo. Lambari é típica cidade do interior, muito aconchegante e bastante calma. Adooooro essa cidade!!!!!

Willian disse...

O que esperar de Lambari com uma prefeitura corrupta e um descaso tão grande do Estado a ponto de no site do Governo de Minas Gerais o telefone da Prefeitura cair numa distribuidora de gás. O IPTU não veio e estou tentando receber as infos para pagar e não consigo falar ou ser atendido na prefeitura, não há pessoas para responder a uma informação basica, sendo jogado de um lado para outro.

Anônimo disse...

Olá! Parabéns pela reportagem! Adoro a cidade, ha 10 anos não moro mais lá, vou todos os feriados, cada vez fico mais triste pela situação de decadência que encontro... cada vêz pior... O prefeito só quer saber de ficar com o dinheiro do povo e não faz nada para o turismo e muito mesnos para os proprios moradores da cidade.. sinto muito Lambari vc já foi muito linda... e hj está meramento um LIXO!!!

odilon disse...

Pena
Prove o sal
Verá que o doce é muito melhor.
Lambari é minha cidade, onde nasci, tenho muitas saudades.
Feliz de quem mora lá!!!
Pode ter seus defeitos.
Todos temos.
Amo lambari
Amo todos de lambari!!!!!
Odilon

Anônimo disse...

VIVI LÁ EM OUTRA REENCARNAÇÃO? 1911 inauguração. Nasci em 1957. Na década de 70 sonhei com detalhes com o Cassino sem nunca ter ouvido falar dele. 10 anos mais tarde fui convidado p/ um casamento em Lambari e após uma discussão um amigo e eu dispensamos a acolhida de um terceiro e tivemos que dormir na varanda do cassino. Fui acordado de madrugada com um índio me pisando o peito para que eu acordasse e lembrasse do sonho que relembrei instantâneamente de + de 10 anos atráz.Acordei dizendo que já havia estado alí antes e reconheci com nitidez detalhes do sonho! Da inauguração são 46 anos até meu nascimento; + uns 35 até a visita. Existe um cantinho lá que não quiz ver pois no sonho havia alguém encolhido em um canto perto de uma pilastra, como se fosse eu um mendigo. Tive medo pois sabia que algo muito forte a meu respeito estava ali.Cássio. cs.campideli@bol.com.br

Anônimo disse...

morei em Lambari por 6 anos e posso afirmar que é bom! Porém não há muito o que fazer lá pois , a cidade acabou junto com o mandato na nossa antiga prefeita Nely, e depois o sr. Tião Cambuquira acabou com o resto... A população jovem tem de sair da cidade se quiser fazer algo da vida e foi o que eu também fiz. Quem vai a passeio acha maravilhoso, só que vai morar lá pra ver só! Os comentarios são terriveis por falta de infra-estrutura na saude e em todo o resto. Fica aí o meu Recado

Anônimo disse...

Fui a Lambari a primeira vez a 40 anos amei a cidade e o povo, voltei diversas vezes, porem deixei de ir por alguns anos, e resolvi matar a saudade no último fim de semana, que decepção com o que vi lá, fiquei indignada com o abandono que está a cidade. Gostaria de saber srs prefeitos o que é feito com o dinheiro,pelo que vi nada em prol dela, quanto desamor com uma cidade tão interessante, a continuar assim os turistas assim como eu deixarão de visita-la, e ai como ficará? que vergonha!

Joseane Astério disse...

Sugiro que os depoímentos anônimos não sejam publicados, pois não valem como material jornalístico. (As pessoas podem se identificar. visto que não é para mostrar a cara, pelo menos identifique-se)

Ao escritor e ao fotógráfo parabéns.
Alías, mesmo detonado não há como registrar uma foto feia desse maravilhoso Palácio Cassino. Sou lambariense, amo minha cidade. Mas fico indignada com tamanho descaso. O pior é que até ajuda esses políticos recusam. O saudoso Senhor Nascime Bacha guarda em sua casa muitas peças do cassino, na esperança de tentar resgatar o que resta da história. Há mais de 10 anos que ele espera pela abertura do Museu Américo Werneck. No papel já está regulamentado, mas até agora, nem uma administração realizou esse sonho cultural, social e até político. Se não fosse o Senhor Nascime, tudo havia desaparecido. (algumas coisas desapareceram em governos passados). O Senhor José Carlos Romero também lutou por projetos e programas de incentivo a cultura junto aos governos do Estado e nada conseguiu. É melhor que vocês não vejam mesmo, o estado em que se encontra o Cassino por dentro. O teto do salão nobre desabou uma parte, aqueles lustre de critais só Deus sabe onde estão. Os quadros chineses também estão em ruinas. Tenho material e fotos dessas peças jogadas...
No dia 24 de abril de 2010, o Cassino completa 99 anos. Se você pudesse dar algum presente a esse cassino, o que você daria? Um pouco de atenção é suficiente.

Joseane Astério
Jornalista

Rostev disse...

Joseane Astério,
Primeiramente obrigado pela rica contribuição. Trouxe informações bastante interessantes sobre a preocupação deste senhor quanto ao casino. E obrigado também quanto aos elogios.

Sobre os comentários, também não gosto de recebe-los de forma anônima. Ao meu ver as pessoas podem muito bem se expressar sem ter medo de qualquer tipo de represália. Afinal vivemos em uma democracia e o pilar deste sistema é justamente o direito garantido que cada um pode opinar sobre aquilo que quiser.

Mas por outro lado eles acabam usando o espaço para desabafar aquilo que sentem a respeito do assunto e se acham que estão mais seguros no anonimato, não serei eu quem irá proibir. Entende?

O meu blog é aberto a tudo e a todos. Inclusive quando fiz essa postagem não foi especificamente para "metralhar" a administração municipal em relação ao abandono do casino. Mas somente mostrar um belo e imponente prédio, que mesmo não estando na melhor condição que merece estar, possui uma história de suma importância em nosso Brasil.

Tenho me sentido bastante lisonjeado com a participação de todos. É um dos posts mais visitados no meu blog e isso demonstra o quanto o público da web se interessa por esse lugar.

Só nos resta esperar que as administrações de Lambari sejam tocadas ao ponto de tentar resgatar um pouquinho de sua rica história, dando ao "Águas Virtuosas" a atenção que ele merece.

Obrigado a todos pela participação.
O espaço é de todos vocês.
Continuem usando e abusando.

Rodrigo Teófilo

Anônimo disse...

Rodrigo parabens pelas fotos e por estar divulgando nossa cidade.O nosso casino foi reformado mais ou menos em 1984 foi uma reforma bem polemica pois trocaram o madeiramento e as telhas e deram uma pintada.mais em 1998 recebeu mais uma reforma escandalosa trocaram azuleijos reformaram os banheiros colocaram ar condicionados enormes e estragados foi terrivel mas nimguem fala nada o povo nao sabe cobrar e o lesgislativo nao investiga que mais o que?um dia tudo vai melhorar em quanto isso vamos esperando.

Tenente Alberto disse...

Prezados Srs.,
Resido em Lambari e conheço essa cidade desde os anos 80...
Muitas águas rolaram por aqui, boas, sujas e calamitosas. Nossa cidade está estagnada no tempo há bom tempo.
Precisamos de socorro, ajuda, colaborações e tecer comentários destrutivos, não bastam.
Precisamos arregaçar as mangas e colocar em prática um processo de reformulação de estratégias e de recuperação de toda a estrutura turística local.
O Sr. Naschime é um soldado valoroso na luta de manter nossa história e memória.
Qdo fui presidente do COMTUR, sugerimos que o Cassino fosse tomado como o centro de uma nova atração: um parque temático!
O tema seria : JOGOS DO MUNDO. No Cassino e suas cercanias, haveria tudo que se relacione com jogos do mundo, seja lícito ou não, com o retorno de toda a decoração e funcionalidade do Cassino, como se um cassino ainda fosse, mas sem funcionar na prática, lógicamente!
Seriam resgatadas as máquinas, as bancas, as mesas, as roupas, os cenários etc., como se ainda funcionasse, sendo que os funcionários, estariam vestidos a caráter, demonstrariam como funcionavam as máquinas e se ensinasse, em oficinas diversas, os jogos lícitos: xadrez, gamão, truco, buraco etc. e haveriam campeonatos locais, regionais e nacionais desses jogos e de outras competições...
No Cassino, ainda seria abrigado o Museu do Sr. Nashine e em seu entorno, os jogos de campo, quadras etc., inclusive, com aqueles jogos medievais.
Preciso melhorar a idéia, pois seria necessário catalogar os jogos de todo o mundo, suas regras, características, tabuleiros, baralhos etc., mas creio poder ser isso, uma idéia que traria retorno turístico e financeiro para poder manter a estrutura e que seria um parque único no mundo e poderia atrair turísticas de todo o mundo.
Sou de Colina (SP) e sei como começaram a Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos e do Cavalo de Colina: com idéias simples que se avolumaram depois e hoje, são de grande repercussão nacional e até internacional.
Falta arregaçar as mangas e colocar mãos à obra?!
Estamos à postos, dispostos a ajudar!

Fundação Tenente Alberto - FUNTEN
Tenente Alberto
funten@ig.com.br
.

Tenente Alberto disse...

24 de Abril de 2010, 99 anos.
Alguma comemoração?
E para o ano que vem, com o seu centenário, alguma comemoração ou ao menos, uma boa notícia sobre a sua restauração?

Rostev disse...

Olá pessoal.
Comentários ANÔNIMOS não serão mais publicados.
Somente quando identificados, pois não vejo motivos de postar sem qualquer identificação.
Você pode usar seu nome ou qualquer apelido.

Tenho certeza que será da compreensão de todos.
Forte abraço

Rodrigo

Raul Coutinho disse...

Fui a Lambari pela primeira vez em 1948, com meus pais e meus tios. Adoramos tanto a cidade que dali por diante íamos sempre nas férias de fim de ano. Era uma cidade linda, com belos passeios, gente pacata, simpática e acolhedora. A última vez que estive lá foi em 19062. Costumávamos ficar no Hotel Imperial. Até hoje guardo diversas fotos da cidade, dos meus amigos. Uma pena ler alguns comentários sobre a decadência da cidade, espero que Lambari volte a ser como era nos meus tempos.

Gabi disse...

Vou a Lambari desde que nasci e desde sempre todos os anos e ate mesmo duas vezes ao ano visito o Cassino, isso porque com certeza ele é uma grande paixão minha.Me indigna todo ano ver o quanto a preocupação com esse patrimonio diminui,se é que isso é possivel,me indigna ver brasileiros irem ao exterior para conhecerem patrimonios sendo que não cuidam da nossa historia.Me sinto na obrigação de ajudar esse cassino e gostaria de ideias para isso.

Alessandro de Araujo Faria disse...

Sres,

Não posso deixar de concordar com minha querida prima Joseane Astério, a qual tenho um imenso carinho e respeito. Havia alguns anos que não ia a Lambrari, e no mês de Abril estive almoçando com minha prima na cidade e relembrando alguns acontecimentos. Posso afirmar que fiquei extremamente triste e indignado com a situação atual do Cassino. Frequentei durante muitos anos o Cassino, em festas de carnaval e eventos na cidade e nunca pensei que chegaria a ver o cassino em tal situação de completo abandono.
Infelizmente, nos dias de hoje, não existe nenhum interesse por parte da prefeitura da cidade de Lambari em restaurar a identidade desta incrível obra.
Deixo aqui minha indignação e meu apelo aos responsáveis pela cidade, para que olhem e "vejam" as oportunidades que este restauro poderia trazer a cidade.

Abraços aos moderadores do Forum e parabéns pela iniciativa.

Alessandro de Araujo Faria

Neusa wienskoski disse...

Oi pessoal nao posso deixar de fazer este comentario.passei uma parte de minha infância brincando nas escadarias e corredores deste maravilhoso casino nunca me esqueci desta linda cidade onde tenho alguns parentes. acho que o prefeito tem obrigaçao de manter conservado esta obra monumental que e o casino do lago se nao foi deve ser tombado como patrimonio historico. acorda prefeito e vai trabalhar arruma o casino tenho dito

Felipe Nery disse...

Morei em Lambari por 13 anos, cresci lá, muitos de meus conhecidos ainda residem lá. Estive na cidade há alguns anos e realmente, uma sequencia de administradores fizeram muito mal à cidade. É uma pena. Mas, espero que surja alguém, de preferência apolítico, que consiga recuperar a cidade e o orgulho dos lambarienses, ausentes ou não.

Rita Matos disse...

Parabéns Rostev, lindas fotos.
Pena q tudo tá caindo, o cassino é uma das construções mais lindas que temos em nosso país. Pena q politicos fazem dele uma maquina de ganhar dinheiro, já vi "alguns" prefeitos ficarem ricos com suas "reformas" vc sabia q até um ar condicionado blindado tem dentro no nosso cassino? E nunca foi utilizado? É um absurdo o quanto de dinheiro já foram gastos nessas reformas. Passa ano, passa prefeito e a maioria enrequecendo com suas "reformas". Um abraço e continue divulgando a nossa linda cidade.Rita Matos

CRISTINA disse...

FREQUENTO A CIDADE DE LAMBARÍ HÁ MUITOS ANOS E ACHO UMA VERGONHA A SITUAÇÃO EM QUE SE ENCONTRA A SAÚDE NA CIDADE. O ÚNICO E PRECÁRIO HOSPITAL SEM TER SEQUER UMA UTI, SEM CONTAR QUE "HOSPITAL" SEM UTI NÃO PASSA DE UM MERO AMBULATÓRIO!
CHEGA-SE AO ABSURDO DESRRESPEITO AO SER HUMANO QUE EM UMASITUAÇÃO EMERGENCIAL TER QUE SER TRANSPORTADO A ALGUMAS CIDADES "MAIS PRÓXIMAS" NUNCA SENDO MENOS DE 60 QUILôMETROS DE DISTÂNCIA! POSSO GARANTIR QUE POUCOS DOENTES SOBREVIVEM!
É RETRÓGRADA E HUMILHANTE A VIDA DA POPULAÇÃO DE LAMBARÍ, QUE NÃO TEM SEQUER O DIREITO AO BÁSICO QUE É A SAÚDE1
MAS HÁ DE CHEGAR O DIA EM QUE ALGUM FAMILIAR DESSES PREFEITOS QUE NADA FAZEM PRECISAR DE UM HOSPITAL DECENTE E DE UMA SIMPLES UTI, SÓ ASSIM ELES VÃO SENTIR O PESO DA IMCOMPETÊNCIA

Nelson disse...

Estive este final de semana em Lambari e embora tenhamos gostado do clima hospitaleiro, notamos que a cidade está muito descuidada, especialmente o parque onde alugam-se as bicicletas, com águas paradas em seu lago. Lá tem uma "cidade das crianças", que realmente é algo fantasmagórico e muito arriscado para as crianças que lá possam frequentar. O local onde se pega as águas minerais também merece mais cuidados e higiene. Muitos cães com aspectos doentes também estão largados pela cidade, inclusive nas proximidades das águas. A iluminação também não é adequada para uma cidade turística. Espero que minha mensagem seja recebida, em caráter construtivo, pois esperamos voltar outras vezes a essa localidade e encontrá-la mais cuidada, limpa com mais higiene. Nelson(de São Paulo)

Fernando Cavaliere disse...

Sobre o comentário acima : brinquei muito na cidade das crianças ! Era linda e bem cuidada. O Parque das Águas tinha tudo no lugar e as águas eram cristalinas. O chafariz luminoso da praça funcionava todos os fins de semana e jorrava em jatos 10 combinações dançantes de águas coloridas. O cassino ainda guardava algumas de sua peças suntuosas, e cheguei a ir muitas vezes nos famosos bailes de carnaval em seu interior. A Propósito, como muitos não sabem, o Cassino não é subordinado á Prefeitura, que apenas recebe verba de uma instituição, a fim de cuidá-lo. A prefeitura não gasta nada com ele.
Tenho pena de ver políticos prometendo tanto e fazendo tão pouco por Lambari. Já conversei com minha filha e ela me pediu para que eu fosse prefeito da cidade, e fizemos uma lista de várias melhorias que precisariam ser feitas com urgência. Uma das primeiras da lista, com certeza, é a cidade das crianças, que já está ali há tantos anos, esperando para ser recuperada. Outra coisa seria o teleférico, que faz tanta falat para o turismo da cidade. E o lugar onde ele existiu é perfeito !
Posso garantir que vontade de fazer eu realmente tenho , porque amo esta cidade há 38 anos mais ou menos.

José Antônio Júnior disse...

É realmente inacreditável que as autoridades lambarienses não tomem atitudes para uma melhor conservação desses patrimônios da cidade. São coisas que deixam os cidadãos de Lambari com uma certa "raiva". Num evento que está acontecendo na cidade foram apresentadas várias propostas de atividades no lago Guanabara. Representantes da Prefeitura estavam presentes. Mas pouco acredito que pelo menos uma dessas propostas seja levada em consideração. Nasci e vivo em Lambari. E acredito que temos de zelar pelo "nosso lugar". Não penso em sair da cidade, inclusive faço facldade aqui, mas do jeito que está, a perspectiva de sucesso profissional e até mesmo pessoal aqui está muito abaixo do que deveria ser.
Não é um pedido, é um apelo: "AUTORIDADES, FAÇAM ALGUMA COISA."

Francisco A.Pires disse...

Francisco A. Pires,já estive varias vezes visitando Lambari,inclusive já fui à uma feira de malhas e artesanato efetuado dentro do cassino,que desperdicio de (Patrimonio Historico) é lamentavel que uma obra magnifica como essa,seja utilizada por uma feira de artesanato,nada contra,apenas acho que deveria ser recuperado e aberto para visitação de turistas,que seja feita uma obra de recuperação,aberto com suas reliquias da epoca,como o museu do Ipiranga,tenho certeza que seria mais util,que seja cobrado uma taxa apenas para conservação e motivação de sua historia de Lambari,é o minino que se possa fazer,dessa estância Balnearia de tantos anos,de uma cidade muito aconchegante..

Anônimo disse...

sérgio de jesus vieira
trabalho como representante comercial pelo sul de minas todo,mas fiquei apaixonado com lambari,pena que os administradores não estão vendo o quanto eles podem ser, e fazer por essa cidade,gostaria de propor com toda humildade que nós não colocasse-mos só no teclado a nossa indignação mas tambem reunirmos,e quem sabe cobrar e até mesmo criar ideias para fazermos a diferença, não precisamos lutar com armas mas sim com ideais. não vamos deixar lambari agonizando.

José disse...

Todos os governantes que entram na prefeitura ficam cegos com muito dinheiro na mão... têm o compromisso de campanha politica de colocar pessoas incapacitadas pra trabalhar pois sabem que ficam 4 anos e depois nao voltam mais... pior... tem uns que ainda voltam... alguns prefeitos ate entram com boa vontade mas são muito mal acessorados... só querem aproveitar este periodo pra fazer seu "pé de meia".
Conclusão: a cidade está acabando... fora o cassino... a cidade parece um queijo suiço de tanto buraco... imunda... o lago está secando por falta de dragagem fora o mato em volta... acompanhei a campanha de todos os canditatos e o atual disse: "Quem mais pra cuidar melhor de Lambari do que alguem que trabalha com peixe" (ele tem um pesqueiro).
O proximo prefeito que virá vai acontecer a mesma coisa.
Acho que deve ser criado um orgão serio pra poder fazer a fiscalização disso tudo... mas pra isso precisa do apoio da população... o que facilmente pode ser negado com um saco de cimento.
Desculpe meu desabafo mas eh isso que sinto.
O que posso dizer: VISITE LAMBARI... ANTES QUE ACABE"

willian dimas nascimento disse...

dimas,
nasci em lambari e moro nesta querida e acolhedora cidade mineira.
Muito me entristece em ver que o cassino esta abandonado não apenas pelo governo de minas mas também governo municipal.
Entra prefeito sai prefeito e tudo continua na mesma.
Se fosse apenas o abandono do cassino a comentar com certeza poderiamos encontrar soluções bem positivas.
Como não falar do parque das águas,do parque novo o campo do águas virtuosas que derrepente deixou de ser do povo ou do municipio.
Cade o time do Aguas Virtuosas o cinema a pratica do esporte e tantas coisa esquecidas por nós lambarienses.
Se o nosso querido lago guanabara não for cuidado com urgência daqui a quinze anos não existira mais este patrimõnio tão lindo.
Querida familia lambariense vamos sim cobrar das pessoas que gavernam nossa lambari para que
possamos desfrutar dias melhores.
E não podemos esquecer que até hoje não vejo movimento em relação ao engarrafamento da água.
A maior fortuna da vida é simplesmente desperdiçada em nossa comunidade á agua.
Quando chegar as próximas eleições para prefeito
precisamos analizar o que é melhor para o futuro
da nossa cidade.
abraços.

FERNANDO VOLPI disse...

CONHEÇO LAMBARI DESDE 1968. IA SEMPRE, SÓ NO INVERNO. EM 1996 FUI MORAR LÁ, FICANDO ATÉ 99. TESTEMUNHEI UMA DA SMUITAS TENTATIVAS DE RESTAURAÇÃO DO CASSINO, OBRAS SUPERFICIAIS E SEM QUALQUER CRITÉRIO. VI A CIDADE PERDER O VIÇO POR CONTA DE ALGUNS MORADORES 'NATIVOS' CARCAMANOS E DE PREFEITOS ESCOLHIDOS SEM NENHUM CRITÉRIO. MAS CONCORDO QUE É A MAIS BELA TOPOGRAFIA DO CIRCUITO DAS ÁGUAS. UM PARAÍSO QUE TEM ENTRE SEUS ANJOS A CARLOTA VIOLA E ENTRE SEUS ARTISTAS A SUZANA VIOLA, DUAS DE MINHAS MAIS GRATAS RECORDAÇÕES.

lambari disse...

RODRIGO FERNANDES Agencia Novos Caminhos Turismo & Aventura ME

E TRISTE COMENTAR , MAIS COMO FAÇO PARTE DO TURISMO DESTA CIDADE, TENHO QUE FAZER:

HOJE TENHO UMA AGENCIA DE VIAGENS RECEPTIVA E EMISSIVA

O TURISMO EMISSIVO : OPERAÇÃO DE MANDAR PESSOAS DAQUI E DA REDONDEZA PARA VISITAR OUTROS ENCANTADORES LOCAIS COMO LAMBARI SEJA INTERNACIONAL OU NACIONAL.

O TURISMO RECEPTIVO: AI QUE ESTA O PROBLEMA, JA TENDO TRAZIDO PESSOAS/GRUPOS DO NORDESTE, SUL E SUDESTE, TODA VEZ QUE MOSTRO O CASSINO E SEU ENTORNO SOU CRITICADO, COMO SE EU FOSSE O RESPONSAVEL PELO DESCASO, PELA SUA HISTORIA DE DECANDENCIA E PELA FALTA DE INVESTIMENTO DOS NOSSOS GOVERNANTES, ASSIM NÃO TEM PROJETO, PLANEJAMENTO QUE VA PARA FRENTE, VAMOS FECHAR AS PORTAS E VIVER DE QUE? ACORDA GOVERNANTES ACORDA P.M.L, REAGE POVO, VAMOS PARA FRENTE....

PARABENS AO RODRIGO PELA INICIATIVA E DIVULGAÇÃO DO DESCASO TOMARA QUE CAIA NA MÃO DE GENTE BOA PARA FAZER BOM USO DESTA FERRAMENTA DE DIVULGAÇÃO/PROTESTO

Marcos disse...

Sou de Lambari e é realmente muito triste como nossa cidade está jogada às traças.... não é de agora e sim de uns 15 anos pra cá....
Muitos têm orgulho de falar de carnaval, mas esse "carnaval" não tráz nada de bom pra nossa cidade além de "duristas" que só sujam, quebram e não trazem nenhum benefício ao comércio lambariense.
Vi muitos comentários acima citando governos ruins, concordo em partes sim, mas quem vota e coloca pessoas no poder somos nós mesmos. Penso também que se todos nós lambarienses cuidássemos um pouquinho que fosse seria melhor, pois o que mais se vê em Lambari são vândalos quebrando lixeiras, bancos, etc...
Hoje não moro em Lambari, infelismente, mas minha família mora e sempre que posso estou lá. E lá um dia quero voltar, mas espero que ela volte ser o que era antigamente como todos dizem!

mauricio disse...

A salvação? Claro...alguém já viu alguma coisa dependente de qualquer governo (est. fed. mun.) funcionar? Só privatizando! É contra? então deixa que logo logo vai cair. desabar mesmo.Fui morar em Lambari em 92 e a coisa mais deprimente foi ver o abandono ao prédio e o entorno que nunca vi tão árido, feio, sem jardim, nada, nada nada...Só um prefeito, o Eugenio o reformou e junto o parque das àguas, que ficou de muito bo gosto.
Fui à bons bailes no cassino, mas por pouco tempo, pois quando mudou a administração da cidade para um tal de Tião Cambuquira, até exposição de gado o analfabeto botou lá. Querem o quê? Pior que foi reeleito. Voto não é loteria.

Gustavo Siqueira disse...

Olá Marcos, desculpe mas li seu comentário e não resisti em comentar contrariamente, é obvio. O Carnaval de Lambari está entre os melhores de Minas, com blocos em formato de micareta, trazendo milhares de turistas de todo o Brasil. A prefeitura tem seu papel importante também, investindo em bandas, trazendo um palco "astronômico" todo ano, segurança... O povão também merece respeito, cultura e lazer. Os hotéis trabalham com lotação máxima, centenas de pessoas vão para casa de parentes e alugam sua própia casa, bares e restaurantes lotados, supermercados entopidos de gente, os blocos empregam centenas de pessoas, enfim o retorno pra cidade é gigantesco. Vândalos e pessoas sem educação existem em qualquer lugar, agora o saldo positivo do turismo nesta época do ano é inquestionável!
Enquanto as pessoas da cidade tiverem essa mentalidade de só criticar, de só enxergar as coisas ruins, Lambari não terá futuro algum. Pergunte para 100 pessoas nascidas em São Lourenço como está a cidade? Tenho certeza que pelo menos 90 delas só falarão bem, vão apontar as qualidades da cidade. Diferentemente do povo de Lambari, que só criticam, inclusive as coisas que estão dando certo.
"Venha para o melhor Carnaval de sua vida! Lambari, a cidade do Carnaval!"
www.hardroca.com.br

Marcos Aurelio disse...

Marcos Pereira, Nascido em Lambari, morando atualmente em Porto Alegre. Pessoal que tal deixarmos de esperar pelas autoridades e fazermos um grande abraço ao cassino e depois as fontes (que também estão horriveis). Uma Movimentação PACIFICA e FIRME. Um dia de indignação. Sem carater politico. O dia da indignação. Vamos fazer? sair do virtual e ir para o real

DETE disse...

Achei ótima a sua reportagem.Não gostei de alguns comentários dos filhos lambarienses.Porque não aregaçarmos as mangas e trabalhar para o seu progresso?Fizemos isso com o hospital que ia fechar e hoje temos um pequeno mas excelente centro de saude.Estive pesquisando e descobri o IPHAN.Ele tem feito muito pelas cidades historicas e turisticas. Vamos até ele.O endereço é www.iphan.com.br.
Lambari é tudo de bom.O carnaval é o melhor do sul de minas.Agora com a limpeza do lago que está sendo feita vai ficar ainda melhor.So falta olharmos pelo casino.Quem sabe conseguimos sua reforma com o iphan.
Um abraço

Victoria disse...

Adorei a reportagem. Vou a Lambari a 30 anos e amo essa cidade.
Fiquei horrorizada agora no inicio do ano quando estive lá.
O descaso com a cidade é explícito.
O Cassino está pixado na lateral e em cima. Está caindo aos pedaços uma parte do teto desabou, possui inúmeras vidraças quebradas, entre outros. O ancoradouro não tem nada. A volta ao lago está sendo dragueada e o "lixo" retirado das profundezas é deixado na própria margem. Ruas estão esburacadas. O parque Wenceslau Bras está abandonado, a piscina fechada pois encheu com á água do rio e do lago dos patos e essa em vez de ser esvaziada, lavada, desinfetada para novamente ser usada ela foi esvaziada não totalmente e depois cheia e sabe Deus se vão apenas tratar água com muito cloro.
Quanto ao turismo tem muita coisa a se fazer. Deviam explorar corretamente o ecoturismo, especializar as pessoas dando capacitações relacionandas ao ambiente. Os hotéis deveriam ser ecologicamente corretos (assim ganhariam uma estrela da Embratur) a população deveria ser concientizada em relaçao a lixo, a maus tratos em animais (afinal o que mais se vê é cachorro na rua filhotes jogados em lixo, etc), o comércio deveria se concientizar que Lambari é uma cidade turpistica e trabalhar mais. Afinal tudo começa a funcionar as 9 da manhã, fecha ao 12:00 para almoço abre as 13 horas novamente e encerra o expediente as 18 horas. Como assim? Então se eu for um turista que fica em um hote e for passear o dia todo e retornar ao hotel no fim da tarde após me arrumar para sair a noite encontrarei tudo fechado? E de domingo então? Nem as padarias funcionam direito.
Ficar até as 19 horas ou 20 horas com comércio aberto custa? Sim. Custa mas pense que estarão recebendo turistas que vão gastar e cobrirá o orçamento.
Quanto ao carnaval de Lambari. Acho ótimo! Uma pena que as pessoas destróem a cidade e o povo acha lindo. Já vi muita garrafa de vidro voar pela praça, gente subir em bancos e pular, quebrar, fora os banheiros: a rua vira banheiro. Você passa pelas ruas e sente o cheiro de urina e os bêbados caidos pelas calçadas? Eu não acho bonito.
Incentivo que Lambari traga atrações para atrair turistas. Veja Lavras tem o LavrasFolia e já recebeu artistas de nome. Três Corações tem várias festas. Varginha. E outras cidades. Por que Lambari não procura investir nisso também? Vai gastar? Vai... mas terá um retorno. Atrairá turistas de RJ, SP, BH entre outras cidades.
E a população? Uso de drogas, ócio pela cidades etc? Que tal investir em educação em ocupação, cursos par ao futuro dessas pessoas. Poxa... incentivo cultural também.
Vemos poucos tentando mudar, Tente Alberto é um exemplo, ele sempre luta por melhorias.
E a água da cidade? Nem está mais sendo engarrafada, sumiram com os equipamentos...
É uma vergonha.
Em certo ponto é culpa do pov que vota em qualquer um e depois não cobra melhorias.
Tá na hora de Lambari acordar e tentar recuperar o tempo perdido.
Um paraíso como Lambari não pode morrer desse jeito.

FERNANDO GARRIDO disse...

De um Baianeiro.
OLÁ.
LAMBARI me tráz grandes e adoráveis recordações conheco a mais de 40 anos, pois sou Sãolourenciano vizinha ítima e querida de LAMBARI, hoje moro na cidade de Porto Seguro-Ba. bjs a todos.
FERNANDO GARRIDO
vazgarrido@yahoo.com

Lambari disse...

Boa Tarde Pessoal, está em circulação na cidade a partir dessa semana um abaixo assinado para ser enviado ao Governador Anastasia, pedindo a restauração do Cassino e desassoreamento do Lago Guanabara, tomei a iniciativa também de fazer um abaixo assinado Virtual, para aqueles que não têm acesso ao escrito, iremos juntar o máximo de assinaturas dos 2 e encaminhar urgentemente para o Governador e representantes da CODEMIG. Maiores informações no meu blog:

www.lambarionline.blogspot.com

O abaixo assinado se encontra no link abaixo:

http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/8637

Vamos assinar, divulgar e salvar este lindo patrimônio....

Anônimo disse...

Hoje conhecí Lambari! Fiquei sentido por não ter conhecido antes, mas uma pergunta me cala: porque pelo menos o Prefeito da cidade, não procura o Governo do Estado, o qual segundo me informei seria o responsável pelo prédio, ou seja pelo Cassino do Lago Guanabara, através de uma autarquia ou empresa pública sua (Governo Estado) e pelo menos faça uma pintura. Aliás dou uma sugestão: porque não procuram uma Empresa de tintas, do tipo Suvinil ou outra, e numa parceria faça tal pintura, mesmo que coloquem uma placa maior que Lambarí, não importa. O prédio do jeito que está, afugenta turista que é uma das maiores fontes de renda, se não for, pelo menos poderia ser. Rogo ao Ministério Público, que impetre uma Ação Civil Pública, no sentido de que reformem aquele patrimônio mineiro e porque não Nacional e, depois de reformado, poderia abrigar tantas instituições públicas, até mesmo o MP a Defensoria Pública, Procon, Juizado, quer Especial ou não, Delegacia de Polícia, quartel da Polícia Militar, sei lá, o que não pode é ficar, como eu ví, desocupados dormindo em plena tarde, em suas escadarias e ancoradouro, afugentando turistas!
Acordem Lambarienses, Mineiros, Brasileiros, enfim todos e levantem esta Bandeira! Luiz Carlos

Tamiris disse...

Estou de férias fazendo o Circuito das Aguas, e de todas as cidades que conheci, a que mais me chamou a atenção foi Lambari, mas infelizmente não foi a beleza, a hospitalidade, nem a simpatia do povo, foi o descaso com o Cassino, é uma vergonha para uma cidade tão bonita e aconchegante como essa deixar uma construção, um patrimônio histórico chegar a um ponto como esse, cheio de mato, pichado, quebrado, e com desocupados dormindo nas escadarias e no ancoradouro. É muito triste para uma cidade viver uma situação como essa. Tenho certeza que se o prédio estivesse restaurado, arrumado, os turistas se interessariam muito mais. Sinto falar mas se isso estivesse acontecendo em outros estados provavelmente não estaria nessa situação deplorável. Autoridades façam alguma coisa pelo amo de Deus, povo de Lambari não fiquem de braços cruzados vendo um patrimônio desses se desfazendo no tempo, reajam, exijam de seus governantes alguma posição. Salvem o Cassino de Lambari. Não desapontem o povo que aprecia, que gosta e quer ver construções antigas e restauradas. Políticos se preocupem em recuperar o turismo da cidade, reformem, ponham em leilão, utilizem como espaço público, peçam ajuda ao IPHAN, Ministério Público, ou outros órgãos, mas por favor como eu já disse SALVEM O CASSINO. Não envergonhem o Estado de Minas. Do jeito que está é um cartão postal ao avesso da cidade e reflexo daqueles que deveriam zelar por aquilo que é do povo.

RASPUTIN disse...

Eu comprei uma fazenda ai em Minas (Lambari) nos anos 80 e foi muito agradável morar ai por 3 anos e meio, conheci este cassino por dentro e vi na época piano, louças importadas, até aquelas peças de jogar o pigarro fora eu vi, e ainda tinha visto umas roletas, certamente isto tudo já foi discretamente afanado.

Na época que visitei estavam projetando ser lá a base da prefeitura, então por dentro até que estava razoável a manutenção eu mesmo fiquei impressionado ao ver o banheiro todo importado (inglês)

O cassino foi construído e funcionou somente uma noite, isto sim que é um pecado que precisa ser “indenizado” em caracter ESPECIAL.

COMO?

Abrir este cassino ao turismo de estrangeiros, se é proibido o Brasileiro freqüentar cassinos no território nacional, no caso em questão não deveria ser proibido a estrangeiros.

No caso iria alavancar o turismo em Lambari e dar aquele impulso que faltou durante um século, Lambari é a terra do Já teve, e isso precisa ser mudado, tem que ser a terra do que AGORA TEM.

LAMBARI também me deve muito, investi ai, mas para estrangeiros como eu PAULISTA, havia preconceitos, como por exemplo, comprarem mudas de café de um paulista.

Não guardo magoas de ninguém pelo contrario, tive ai grandes amigos que até hoje vivem no meu coração e certamente eu também no coração deles ainda devo VIVER.

Meu Nome é LÉO eu era de NOVA BADEN.

Rony Barros disse...

Conheço Lambarí desde 1979,sou casado com uma Lambariense ,moro em SÃO Paulo e sempre que tenho oportunidade lá estou, amo essa cidade de povo tão acolhedor,triste é saber que os governantes dessa linda cidade não se importa nem com a cidade e nem com OS turistaS que à ela dá tanto valor,acordem senhores administradores.LAMBARI não pode ser cidade dormitório de SÃO LOURENÇO E CAXAMBÚ

Anônimo disse...

E o poder público insano,assiste 1 século de decadencia.
Sebastião Vilhena
tiaovilhena@hotmail.com VISITE LAMBARI..É BOM

Rosângela Souza disse...

...Fui a Lambari pela primeira vez agora nas Férias de Julho/2011 com minha família, eu e todos os hóspedes do Lago Hotel ficamos chocados com tamanho descaso do poder público municipal e também estadual pelo abandono geral da cidade...
O Cruzeiro destruido, o cassino em ruinas, a praça central abandonada, telefero inesistente, horto esquecido... senti uma dor no peito ao ver tamanha falta de amor e respeito pela cidade, pelo povo que ali mora e pelos visitantes...
Todos jogam a culpa nos políticos, mas quem os colocou lá?? Até quando vão aceitar e se calar??
Espero voltar um dia e ver que os moradores reagiram e aprenderam a eleger melhores políticos e gestores em prol de um Patrimônio
tão lindo, histórico e cultural que pertence não só à vcs, mas a todos nós brasileiros...
Esse silêncio do povo lambariense, nos angústia
profundamente... Reajam, por favor!!!

sonia disse...

Estive em Lambari pela primeira vez no dia 07 de Agosto de 2011.Fiquei encantada com as belezas naturais de Lambari.Meu marido e eu ficamos encantados com tanta hospitalidade do povo dessa cidade.Fiquei maravilhada com o prédio arquitetonico do Cassino.Mas lamentavelmente o prédio está sendo criadouro de pombas.Abandono.Porque nao transaforma-lo numa escola,num hotel,etc.Espero que haja interesse dos politicos em transforma-lo num lugar aprazivel,porque encantador já é.Parabéns Lambari

Marcel Fleming disse...

Sonia. Sou nascido em Lambari e me indigna tanto quanto você. Se Lambari fosse em São Paulo, certamente o Cassino já teria virado uma escola, um hotel, alguma coisa assim...

Demetrius D.F.Reis disse...

Tenho orgulho de ser lambariense, adoro minha cidade. Mas ultimamante o que estamos vendo é um descaso total, falta de vontade política dos representantes que deveriam ter mais consciência e cuidar melhor de nossa cidade. Espero e acredito que no futuro tenhamos pessoas que se importem com o bem estar da população e dos turistas que tanto amam Lambari. Obrigado pela oportunidade.

Demetrius disse...

Moro em Lambari e adoro minha cidade. Acho um absurdo a situação que se encontra as ruas, praças e demais lugares. É um total abandono o modo como nossos representantes tratam nossa cidade. Precisamos de pessoas capacitadas,com vontade politica e bom senso para administrar e permitir que Lambari tenha desenvolvimento e atraia mais turistas para contemplar essa belíssima cidade mineira. Obrigado pela oportunidade.

Flora Maria disse...

Meu marido esteve em Lambari em 1959, com a família, e ficaram hospedados no Hotel Mandarano.
Gostaríamos de saber um pouco sobre ele, se ainda existe, e em que rua estava localizado.

Gostamos de História e tenho pesquisado na net, mas pouquíssimas informações encontro sobre a cidade, como fotos antigas dos hotéis, e dos parques.

Você sabe dizer onde posso encontrar essas informações ?

Obrigada e parabéns pelo blog !
Flora Maria

clayton queiroz disse...

Sou do Rio de Janeiro cheguei hoje de lambari 1o/04/2012, fiquei indignado com o estado do cassino que prédio maravilhoso, jogado as traças, portas quebradas vidros quebrados etc... Como que a prefeitura não restaura um prédio tão fabuloso, como o cassino. A igreja é belíssima, teve procissão linda, os moradores de lá tem que tirar esse prefeito e votar em um prefeito que tenha amor pela cidade, Mesmo com essa indignação eu amei a cidade, tomara que eu ainda veja o cassino restaurado, aberto para o publico... ( Clayton)

Bellerophon disse...

As fotos do Casino me trazem tantas lembranças maravilhosas e doloridas. Saudades de uma pessoa que foi muito importante na minha vida no período que morei aí e o Casino foi um lugar muito especial para mim e para ele.
Saudades para sempre.

Anônimo disse...

Eu tenho 14 anos e moro em lambari e realmente a cidade não esta em boas condições a cidade precisa de um prefeito de verdade que cuide dos patrimônios o cassino esta em decadência nem parace que foi um dos unicos cassinos do brasil pelo tratamento que recebe estou muito triste com o estado da cidade mais espero que as pessoas não desistam de lambari e que elas deêm mais uma chance para a cidade se reerguer

Anônimo disse...

Ola meu nome é Arthur,
estive em Lambari alguns dias atras, me informei junto aos moradores que a codemig abriu licitação para reforma e revitalização do cassino, bom também fui informado que a copasa até o final de setembro botara no mercado a água de lambari, indicada como aguá energética para praticantes de esportes radicais, bom espero que isso saia do papel,porque Lambari é sem sombras de duvidas a mais bela cidade do circuito das águas mineiro, mas devido a prefeitos corruptos se destruiu!

André Morais disse...

Prezados boa noite. Meu nome é André, e trabalho no hotel Águas Virtuosas de Lambari. É com muito prazer que farei alguns comentários, para que possam ficar informados. A licitação do projeto para reforma do Cassino aconteceu no início deste ano, e a empresa Estilo Nacional foi quem pegou. Estamos tendo a felicidade de recebê-los sempre que precisam, para levantamentos da estrutura do prédio. Recebemos sempre também os funcionários da CODEMIG, sendo um deles o engenheiro responsável (sinto não dizer o nome), e disse iniciar licitação ainda este ano, para a empresa que fará a reforma do Cassino, assim que o projeto ficar pronto. Se alguém tiver dúvida, é só comparecer no hotel, que terei o maior prazer de mostrar a estadia da Estilo Nacional, pois o projeto do Cassino será além de reforma, restauração também, obra para 3 anos ou mais. Está acontecendo a reforma do Parque das Águas, a reforma do Parque Novo (Wenceslau Brás), recapeamento de várias ruas, colocação do semáforo, esquina Parque Hotel com supermercado GF, entre outros projetos que estão para acontecer, só aguardando aprovação. Uma coisa que tenho feito com minha família, é ir no parque novo, jogar milho para os patos, gansos e pombos, meus filhos adoram. Cachoeiras e pesqueiros em Lambari também estão muito bem estruturados, para receber os turistas. Você lambariense, independente de política, fale bem de sua cidade, de 3 anos p/ cá, nossa cidade está mais cheia, os comércios estão lucrando mais, vamos divulgar nossa cidade com coisas boas, belos artesanatos, ótima variedade de laticínios, hoje a cidade oferece bons restaurantes, além das galerias do Novo Hotel Glória e do Shopping Águas Virtuosas. Nenhuma cidade é perfeita, todas tem seus problemas, vamos falar das coisas boas, que interessam para o turista. Se alguém quiser alguma informação de projetos ou saber sobre o que fazer na cidade, procure Ana Paula Nunes, Diretora de turismo, ela está aberta para atender a todos e ouvir ideias de quem quiser colaborar.

Anônimo disse...

Li o seu depoimento e fico feliz em saber que mudanças estão acontecendo.Espero realmente que a cidade melhore muito,pois me entristece ir aí e ver o parque,a volta do lago abandonados e outras situações que só fazem as pessoas falarem mal dessa cidade que teve um significado enorme na minha vida pessoal.Estive em São Lourenço,numa excursão,e fiquei muito triste qdo ouvi as pessoas dessa excursão falando que não queriam ir à Lambari,porque lá não tinha nada...Infelizmente tive que me calar.
Como já disse,amo essa cidade e torço para que ela se recupere o quanto antes e que mostre Às cidades vizinhas tudo o que tem de belo.Boa sorte aos lambarienses.Tenho uma casinha aí e de vez em qdo apareço para beber dessa água maravilhosa e andar de bicicleta na volta do lago,que eu acho belíssimo.

Ricardo Ribeiro Romeiro disse...

Não sei o porquê de insistir na idéia de Cassino. Este Magnífico prédio, o mais bonito do Sul de Minas poderia ser um grande centro de convenções. Isto revitalizaria toda a economia do Município.
Ricardo Ribeiro Romeiro Pouso Alegre MG. rrromeiro@yahoo.com.br

Luis Peterle disse...

Incrivel como as pessoas que moram em Lambari, detonam a cidade. Esse paraiso so esta deste jeito pelo simples fato dos moradores nao tomarem atitudes. A começar pela escolha dos vereadores e prefeito. As pessoas so sabem reclamar e fazer alguma coisa mesmo nem pensar. Gostam de criticar, falar da vida alheia e trocar votos por miseria. Assim nossa situação esta cada vez pior, em lambari e no Brasil. Se queremos melhorar nossas cidade e país devemos começar por nos mesmos. Devemos participar e nos envolvermos nas ações propostas na cidade. Devemos zelar pelo patrimonio que nos pertence e alem de tudo exigir cada vez mais de nos mesmos. Sempre começando pela eleição. Lambari tem caracteristicas unicas e inigualaveis. Nossas engrenagens estão se encaixando e em breve, muito breve a cidade tera uma revolução de qualidade de turismo que poucos esperavam. Acreditem, nos é que fazemos a mudança. Em 2014 começa uma nova Lambari.

Postar um comentário

Se você não é um usuário do Blogger (Google) ou Wordpress, utilize a opção Nome/URL (se não tiver um site, deixe essa opção em branco). Não deixe de completar o formulário com seu nome ou apelido, pois é importante sabermos quem fez o comentário.

JAMAIS COMENTE DE FORMA ANÔNIMA.

Marcadores

Leitores

Notícias


Assine nosso Feed
Receba os artigos por email


BlogBlogs.Com.Br BlogBlogs.Com.Br

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO