terça-feira, 28 de abril de 2009

Conhecer: Fazenda Pedra Branca (em 35mm)

Olá pessoal...
Trago no Conhecer* desta semana um lugar bastante aprazível ao qual minha esposa e eu pudemos fazer uma série de fotos no dia 11 de abril passado.

Este bucólico lugar é a Fazenda Pedra Branca, uma linda propriedade rural transformada hoje em restaurante e pousada, incrustada bem ao pé da serra, com vista para belezas naturais das mais agradáveis.

Uma destas belezas é a enorme Pedra Branca, montanha rochosa que emprestou seu nome a esta belíssima Fazenda. Por sinal, não poderia ter o lugar pano de fundo mais belo.
Betinha, uma das proprietárias do lugar, é professora do Colégio Objetivo ao lado da minha esposa Fernanda. Ela nos convidou várias vezes para visitar o lugar e principalmente experimentar a comidinha caseira servida em seu restaurante.
Depois de um longo tempo de enrolação, resolvemos aparecer para prestigiar a tão falada comida e, naturalmente, fazer aquilo que mais amamos: fotografar.
O restaurante fica localizado no casarão principal da fazenda e logo em sua entrada nos deparamos com o aroma histórico do lugar, onde encontra-se na porta a inscrição "1908", ao que parece, faz alusão a data de construção do casarão.
Nos deliciamos com um cardápio tipicamente regional, já que a fazenda é praticamente porta de entrada para o delicioso Sul de Minas Gerais. Talvez nem precise dizer que encontramos um cardápio que une o melhor da culinária do sudeste, como feijoada (era sábado, dia nacional do prato), bem como feijão tropeiro, torresminho, pernil, couve, farofa e muitas outras delícias.
Como a dúvida foi cruel, acabamos experimentando a feijoada e o feijão tropeiro e de tão bom que estava, fica fácil lembrar do aroma e sabor.
Depois de bater um belo prato, fomos ao carro buscar as câmeras para saímos passeando pela propriedade. Naquele dia iria testar uma Nikon F801s que comprei naquela semana. E o que seria apenas uma leve degustação de fotos em 35mm, acabou sendo também o prato principal e a sobremesa... rsrs.
Calma, pois irei explicar...
Ao sair do carro, estava com as duas câmeras penduradas no ombro. A reflex digital e a 35mm. Fernanda estava apenas com a sua digital. Fiz a primeira foto com a 35mm e quando vou usar a digital, cadê que ela ligava?
Pois é... foi isso mesmo...
Havia esquecido as baterias em casa... ahahahahah...
Na hora fiquei bastante irritado, pois estava gostando demais do local e não saberia como sairiam as fotos, pois tinha colocado um filme bem fraquinho na F801s somente para testá-la (Kodacolor 100).
Bom, não adiantava mais reclamar, pois já estava no lugar e muito empolgado para fazer as fotos. Na hora me bateu uma outra preocupação, porque me lembrei que estava apenas com aquele kodacolor 100 na câmera. Mas os deuses da fotografia (se é que existem) estavam sorrindo para mim naquele dia.
Voltei ao carro para guardar a câmera digital e ao abrir um compartimento da minha mochila para guardar o controle remoto, senti uma luz forte e brilhante quase ofuscar os meus olhos (óh utopia literal)...
Encontrei um AGFA Ultra 100 que havia ganhado do amigo Rogério Melo e que estava esperando há meses um lugar bonito para ser usado. Isso porque esse filme é uma raridade de se encontrar atualmente. A AGFA fechou suas portas e levou consigo uma infinidade de filmes fantásticos, ficando apenas na lembrança daqueles que usavam.
Voltei a me indagar: "mas a F801s ainda não foi testada... E se ela estiver com algum problema de vedação? Fatalmente irá velar todos todo o filme..."
Bom, sem riscos a vida não teria graça, não é mesmo?
Coloquei o Ultra 100 no bolso e sai feliz clickando a tudo que foi chamando a minha atenção.
Os resultados vocês estão acompanhando nesta postagem.
O passeio foi uma delícia...
Parecia que a Fazenda era nossa (ficamos nos achando né?)
Mas era verdade... Era um dia calmo e parecia ter apenas um hóspede na pousada (isso era sábado e domingo era Páscoa - data para se estar em família).
Começamos visitando as instalações externas da pousada, que parece uma casinha bem simples na parte da frente, mas a construção vai tomando forma e ficando enorme a medida em que vamos olhando.

A parte da frente fica em cima de um morro e a casa vai preenchendo-o para baixo.
Muito bonito mesmo.
A pousada tem toda a estrutura de uma típica fazenda.
Possui galinheiros, currais, pastos verdes, currais, cercados e coxos de água para os animais.


E é claro não poderiam faltar as galinhas caipiras, d'Angola, cavalos e vacas.

Ao caminharmos por uma linda trilha de árvores e ao fim chegamos em um ribeirão, com água limpinha e cristalina descendo da serra.
Não poderíamos esperar um atrativo mais belo.
Voltamos caminhando pela belíssima trilha de árvores, com a luz passando timidamente por entre seus galhos.
Não tinha sol, mas o dia estava bastante claro.
Apesar da falta do céu azul que todos que fotografam natureza adoram, a luz difusa e suave revelou belezas muito interessantes na propriedade.
Troquei o filme... Tirei o Kodacolor, inseri o "fodástico" AGFA Ultra 100
(apesar das fotos mostradas aqui estarem todas sortidas) e continuamos o passeio...

Dessa vez descemos até a ponte de entrada da fazenda, justamente quando encontramos com um grupo de perus zig-zagueando... Click neles. =)
Chegamos em frente ao casarão colonial utilizado pelo restaurante e pudemos apreciar na parte de baixo, todo o maquinário (atualmente desativado) que faz gerar energia elétrica através de um moinho d'água.
Betinha nos disse que várias trombas d'água interromperam a concretização deste sonho (valetas destruídas e outras mazelas ocasionadas pelas intempéries climáticas).
Fizemos mais algumas fotos e por volta das 17h estávamos voltando para casa.
A Fernanda com um monte de fotos digitais para ir saboreando e eu torcendo como louco para chegar segunda-feira logo, só para poder revelar meus filmes... eheheh...
Fazer o quê? Quer ser saudosista, tem de ser por completo. rsrs...


Histórico
A Fazenda Pedra Branca é de propriedade particular e o acesso ao atrativo é feito, partindo da região central do município, pela rodovia SP-52, até o Km 10.
A via de acesso é pavimentada e sinalizada.

O atrativo é um casarão assobradado, de estilo colonial. Não foram encontrados registros documentais da data de construção da Fazenda, embora haja a inscrição "1908" no frontão do casarão. Há, tampouco, registros sobre sua história mas, segundo relatos de moradores da região, o lugar foi uma importante fazenda de café, na qual o produto de toda a região era beneficiado.
Segundo os mesmos relatos, o local era usado para bailes, provas de café, discussões do preço do produto e servia, também, como pouso de tropeiros.
A Fazenda Pedra Branca possui pousada e restaurante, além de outras atrações como área de camping, trilhas, leite no curral e passeios a cavalo.

Fonte: www.estradareal.org.br

Pousada Pedra Branca
Endereço: Rodovia Dr. Avelino Junior (SP-52)
10 Km - Bairro Passa Vinte - Cruzeiro/SP
Capacidade: 20 leitos
Telefone: (12) 9102-5189

* Conhecer é uma coluna semanal publicada todas as terças-feiras. A idéia é mostrar em fotografias e textos, um pouco sobre lugares possuam uma história interessante e que foram fotografados por mim.
Rodrigo Teófilo

Gostou? Não gostou? Deixe um comentário.

5 Comentários:

Cleide Schug disse...

Uma foto mais linda que a outra, Parabéns!!!!!

Anônimo disse...

Mt boas as fotos,a luz difusa colaborou para belas cores do local, que transmite mt tranquilidade e sossego para clikar,os enquadramentos sempre bem cuidadosos,o que é correto quando se fotografa com filmes.Gostei da narrativa,seguida de fotos.Parabéns

Fábio Villela disse...

Show demais !
Tive a oportunidade de estar lá com meu amigo Rodrigo e realmente, voltaria mais vezes !

Grande abraço Rodrigão

Victor Mine disse...

Fala Rostev.... lindas fotos!!!!

tava vendo as fotos... parece q algumas são tem mais contraste que outras... é a diferença do filme?

Rodrigo Neves disse...

Muito legal o seu trabalho, isso sem dizer o prazer que é achar fotógrafos que usam filme - assim como eu. Lindas fotos, pena que algumas não estão aparecendo mais na página!

Postar um comentário

Se você não é um usuário do Blogger (Google) ou Wordpress, utilize a opção Nome/URL (se não tiver um site, deixe essa opção em branco). Não deixe de completar o formulário com seu nome ou apelido, pois é importante sabermos quem fez o comentário.

JAMAIS COMENTE DE FORMA ANÔNIMA.

Marcadores

Leitores

Notícias


Assine nosso Feed
Receba os artigos por email


BlogBlogs.Com.Br BlogBlogs.Com.Br

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO